RESENHA: BELO DESASTRE – JAMIE MCGRIRE

Oiii gurias! Belo Desastre já estava a um tempo na minha pilha dos que preciso ler! Porque não li aintes? E, me deixou pensando que eu queria um pouco dessas loucuras dos livros na minha vida. Belo Desastre é uma obra de Jamie McGuire, escrito em primeira pessoa, com doses altas de complicações, obstáculos, entrega, loucuras e muito amor, responsável pela publicação do livro Editora Verus.

“- Então, qual é a sua história, Flor? Você odeias os homens em geral ou é só comigo?
– Acho que é só com você – resmunguei.”

Abby era uma menina com um passado obscuro, fugindo de um pai sociopata, que estava tentando mudar de vida em outra cidade, deixando seu passado para traz,  inteligente, reservada e super ligada a melhor amiga America.

Travis era o gostosão mais cobiçado da faculdade, aquele tipo de cara que exala sua dominância, que nunca se prende a ninguém, não faz amigos, que participava de lutas clandestinas no Círculo, do tipo que levava as garotas a loucura só de olhar para elas, era assim até conhecer Abby.

“ – Ei! Cuidado com ela! – ele franziu a testa, enxotando qualquer um que chegasse perto de mim.”

Travis começou a querer incluir Abby em sua vida, mas ele sabe que não pode trazer ela para as coisas erradas e complicadas dele, então ele a tenta transformar na sua melhor amiga, o problema é que Abby e ele fazem uma aposta, Abby perde e tem que dormir na casa dele durante um mês, já estão vendo onde isso vai dar? Não que se fosse eu acharia ruim, imagine, o Maddox querendo minha atenção por um mês? Quem sou eu para reclamar.
Travis é paranoico em relação a Abby, ninguém está no nível dela e de quebra ele literalmente quebra a cara de alguns homens por causa disso.
Até que finalmente os dois ficam juntos, e Abby foge, ela não pode arrastar o passado dela pra vida dele, e ele lembra muito o passado que ela tenta renegar a qualquer custo.
Porém, mesmo assim eles tentam, e ficam bem, se amam, se encontram e tem as discussões mais idiotas do mundo. E qual casal não tem? Sinceramente namorados vivem brigando por cada coisa fútil.
Até que numa dessas, Travis acaba abrindo os olhos de Abby que termina com ele, e ele se vê desesperadamente desamparado, sem saber o que fazer para tê-la novamente em sua vida.

“ Travis agora faria parte daquilo e, se ele não ia me deixar salvá-lo, eu tinha que pelo menos me salvar”

Eles vão se afastando, sofrendo e vivendo como dá, mas até que ponto podemos viver infelizes, quando a nossa felicidade está ali batendo no coração de outra pessoa? Até que ponto podemos engolir o orgulho e não querer dar uma chance? O amor vale muito mais que todas as incertezas.

“ – Adoro quando você diz isso.
– Que eu sou sua? – perguntei, erguendo-me na ponta dos pés e pressionando os lábios nos dele. – Eu. Sou. Sua. Sra. Travis Maddox. Para todo o sempre.”


Adriana Wommer. @leitoremfoco